Fluxo é campeão da 4ª LBFF e conquista vaga para o Mundial

Equipe garantiu a vaga em Singapura com uma estratégia consistente, focada nos resultados. Foto: Divulgação.

O Fluxo é campeão da 4ª Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)! Com dois meses de formação, o time criado por Nobru e Cerol conquistou o título da competição e uma vaga para o Mundial da modalidade, previsto para o mês de maio, em Singapura. Esse é o primeiro título da equipe, que conta com uma line-up formada por Nobru e JapaBKR, dois dos maiores nomes do cenário, Syaz, GodKill e Fac, todos com 16 anos e jovens revelações. A equipe criada pelos dois foi um sucesso instantâneo nas redes sociais com uma proposta inovadora de criação de conteúdo. Com 24h de vida, o instagram do time já contava com mais de 800 mil seguidores. Hoje, o Fluxo conta com 1,5 milhão de seguidores na plataforma e 877 mil inscritos no Youtube, com mais de 15 milhões de visualizações.

Para Nobru, jogador e co-fundador da equipe, a sensação de ser campeão pelo próprio time é incomparável: “O que eu estou sentindo agora é impossível de comparar com qualquer outro título ou história que aconteceu, para mim, isso é único. Durante minha carreira, já passei por diversas situações, em que pessoas disseram que eu não daria certo como streamer e influenciador enquanto eu era jogador profissional. Quando decidi criar um time e jogar ao mesmo tempo, muitos também falaram que não daria certo. Mas o resultado está aí. Eu amo muito o que eu faço e sempre vou dar o meu melhor, principalmente para mostrar que o inacreditável para alguns é possível para nós! Essa conquista é a realização de um sonho, tanto pra mim quanto para o Cerol e nossa equipe. Só tenho que agradecer a Deus, minha família e, principalmente, a nossa torcida, pois sem eles nós não seríamos nada. E saibam: vamos continuar treinando muito para conquistar esse mundial”.

Ao longo da temporada, o Fluxo montou uma estratégia consistente, construindo um jogo focado nos resultados. Em uma final equilibrada e definida na última queda, a equipe buscou rotacionar os jogadores durante a partida, buscando surpreender os adversários, conquistando os abates no final do jogo. Durante a última queda, que confirmou o título e a vaga para o mundial, o Fluxo ficou em 4º lugar. Com os pontos conquistados, ficou empatado no primeiro lugar do torneio, mas se sagrou campeão com base nas regras de desempate, por conta do Booyah conquistado na quarta queda.

Esse título é a realização de um sonho para o Cerol, co-fundador do time: “Esse é um momento marcante nas nossas carreiras, tanto na minha quanto na do Nobru. A comunidade nos conhece, sabe o quanto lutamos, trabalhamos e nossa vontade de vencer. Nosso sentimento é realmente inexplicável. Quando criamos o Fluxo, sonhávamos em ser campeões e nós conseguimos! Isso mostra para toda a comunidade que é possível vencer mesmo vindo de baixo, é só acreditar em seus sonhos. Eu e o Nobru nos conhecemos, tivemos nossas trajetórias e conquistas individuais, nos juntamos, criamos o Fluxo e somos campeões. Hoje só temos que comemorar! Muito obrigado a todos”.

 

Please follow and like us:
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
cropped-logo-1.png
TecnoInforme. 2021 © Todos os direitos reservados. Design by Renato Garcia
RSS
Follow by Email