Wabi Foods chega para venda direta de bares e restaurantes

A plataforma atende a estabelecimentos no Rio de Janeiro e em São Paulo. Imagem: Divulgação.

Dois anos depois de iniciar suas operações no Brasil, o Wabi, ecossistema de delivery criado para ajudar os pequenos varejistas a alavancar suas vendas com a digitalização, se expande e lança o Wabi Foods, um espaço criado para que bares e restaurantes também vendam pela plataforma, assim como já acontece com os mercadinhos e mercearias dos bairros. Impulsionada pela Coca-Cola, a solução permite que comerciantes, microempreendedores e grandes marcas digitalizem seus produtos de forma ágil. Para fazer parte da ferramenta, o dono do restaurante precisa acessar o site www.eumecuidocomwabi.com, preencher os dados e em 72 horas um executivo entrará em contato para avançar com o cadastro e ativar o início das vendas.

Uma vez ativo na plataforma, o restaurante ganha um ícone dentro do aplicativo Wabi. A partir daí, o acesso dos consumidores é simples, basta baixar o app, informar o endereço local, escolher o bar ou restaurante, fazer o pedido e aguardar a entrega. O valor do frete será definido por cada loja. Com a entrada de bares e restaurantes, os usuários passam a ter acesso a pequenos estabelecimentos locais e também a grandes redes. A ideia é ampliar também a oferta de produtos no aplicativo, que além de alimentos e bebidas oferece material de limpeza, beleza e higiene.

“Como a venda de produtos industrializados já está consolidada no ecossistema, resolvemos expandir para bares e restaurantes. A pandemia mostrou que a venda digital é um caminho sem volta. Ficou muito evidente a necessidade de o setor tradicional do varejo migrar para o ambiente on-line e entendemos que nossa missão é contribuir fornecendo ferramentas para que todos prosperem”, afirma a gerente geral do Wabi Brasil, Carla Papazian.

O serviço está disponível para bares e restaurantes do Rio de Janeiro e São Paulo. A taxa para entrar no aplicativo Wabi é competitiva com o mercado, tendo os comerciantes apenas a responsabilidade de receber os pedidos e providenciar a entrega. Ao fazer parte do ecossistema, os comerciantes também têm a oportunidade de comprar diretamente de atacadistas e distribuidores pelo marketplace Wabi2b. “Essa é uma facilidade que praticamente não existe no mercado. Os lojistas podem comprar on-line para reabastecer seus estoques a qualquer hora e lugar e com valores diferenciados, já que realizamos parcerias com as marcas e constantemente oferecemos promoções”, explica Carla.

Wabi é um ecossistema que conta com quatro plataformas com o objetivo de conectar indústrias, distribuidores, varejistas e consumidores, além de alavancar as vendas dos pequenos comerciantes por meio da digitalização. Impulsionada pela Coca-Cola e desenvolvida pela YopDev, a ferramenta já está em 16 países, chegou ao Brasil em 2019 e está disponível no Rio de Janeiro e São Paulo.

As quatro plataformas que fazem parte do ecossistema Wabi:

– Wabi Casa: voltada pra os consumidores.

– Wabi2b: um marketplace B2B que permite que distribuidores e atacadistas vendam seus produtos diretamente às lojas.

– WabiPay: é o método de pagamento para as transações realizadas dentro do ecossistema.

– Wabi2c: compartilha os dados para a indústria e permite que os players apliquem descontos e façam ações de marketing diretamente para o consumidor final.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
cropped-logo-1.png
TecnoInforme. 2021 © Todos os direitos reservados. Design by Renato Garcia