Intelbras dá dicas de segurança

Mantenha os produtos atualizados com a última versão de firmware disponibilizada pelo fabricante. Foto: Div.

Incrementar e aumentar a segurança de câmeras e gravadores contra ciberataques é uma prática simples e que deve ser aplicada na rotina como forma de prevenção. A Intelbras, empresa brasileira produtora de equipamentos tecnológicos, separou cinco dicas para deixar o sistema de CFTV ainda mais seguro.

1) Mantenha os produtos atualizados com a última versão de firmware disponibilizada pelo fabricante. É essencial habilitar a opção de ´verificação automática de atualização´ para averiguar as atualizações disponíveis, ou então, buscar pelos updates no site da empresa que fabricou o produto. Essas atualizações são importantíssimas pois reforçam a segurança dos equipamentos além de melhorar seu desempenho. A maioria dos gravadores fabricados a partir de 2019 já realizam verificações automáticas, os produzidos antes dessa data precisam de atualizações manuais.

2) Utilize sempre senhas fortes. Elas devem ser compostas por diferentes caracteres – letras maiúsculas e minúsculas, números, caracteres especiais – não devem ser óbvias, como datas de nascimento e nunca devem ser compartilhadas. As câmeras de segurança e DVRs/NVRs vêm com uma senha de acesso padrão, liberada pelo fabricante para a primeira instalação, portanto é imprescindível mudar a senha do produto para um código personalizado e seguro.

3) Fique atento a arquivos e links recebidos via e-mail ou outros meios suspeitos, de remetentes desconhecidos ou que solicitem informações pessoais e senhas. Portanto, nunca clique em links duvidosos; verifique cuidadosamente o endereço do site (URL) para garantir que você só insira seus dados em sites ou aplicativos legítimos.

4) Escolha produtos de empresas renomadas no mercado. Quando for comprar seu sistema de CFTV, é importante buscar aparelhos de boa procedência e de bons fabricantes. Os produtos de marca com maior presença no mercado, além de boa qualidade, têm sistemas atualizados com frequência e ferramentas e recursos de segurança mais avançados.

5) Prefira produtos homologados pela ANATEL. A homologação da Agência Nacional de Telecomunicações é a garantia de que o equipamento passou nos testes de verificação de segurança e padrão de qualidade estipulados por ela. As vantagens de adquirir produtos eletrônicos homologados pela agência são inúmeras, como: qualidade assegurada, garantia do fabricante, concorrência justa, redução de piratarias no mercado e segurança para quem utiliza.

Para atualização de firmware dos produtos Intelbras gratuitamente (DVRs, NVRs e câmeras IP), acesse o site www.intelbras.com.br e procure a página correspondente ao equipamento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on print
Print
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
cropped-logo-1.png
TecnoInforme. 2021 © Todos os direitos reservados. Design by Renato Garcia