Lexmark apresenta pacote de conectividade Cloud Bridge

O Cloud Bridge desbloqueia recursos avançados de impressão em ambiente de rede. Imagem: Divulgação.

A Lexmark, empresa de soluções de impressão e imagem, anuncia o lançamento do Lexmark Cloud Bridge, um pacote de conectividade que aumenta a flexibilidade nos locais de trabalho. A novidade amplia o acesso a recursos de serviços de gerenciamento de impressão avançados (MPS, na sigla em inglês) para clientes corporativos diretos em ambientes de rede complexos e oferece recursos poderosos de gerenciamento remoto de parques de impressão por meio de serviços em nuvem (Lexmark Cloud Services) para um número maior de parceiros e dispositivos.

“Os clientes esperam o mesmo nível de suporte MPS em qualquer dispositivo e em qualquer tipo de ambiente de rede ou local de trabalho. Nossos parceiros devem estar preparados para fornecer suporte remoto de maneira semelhante”, diz o vice-presidente sênior e diretor comercial da Lexmark, Brock Saladin. “Criamos o Lexmark Cloud Bridge para trazer de forma simples e segura, via nuvem, a funcionalidade avançada do MPS para todos os ambientes de rede – de grandes sedes corporativas, passando por ambientes distribuídos até escritórios domésticos.”

O pacote de conectividade de dispositivos Lexmark Cloud Bridge desbloqueia recursos avançados de serviços de impressão em qualquer ambiente de rede. Isso permite que clientes e parceiros reduzam a sobrecarga de TI e o custo da infraestrutura de impressão; aumentem a vida útil do dispositivo com serviço preditivo; mantenham as impressoras seguras com configurações baseadas em nuvem e atualizações de firmware; visualizem os parques de impressão por meio de um portal com informações consolidadas e análises interativas; e habilitem o gerenciamento remoto de parques de impressão hiper distribuídos.

A suíte Cloud Bridge inclui um Agente Nativo já instalado em muitos dos dispositivos Lexmark mais recentes e também um Agente de Impressora que é executado em dispositivos habilitados para soluções não nativas de IoT. Além de um Agente de Parque de Impressão que é executado em um servidor ou PC para unir dados no local com uma solução no servidor e um Agente Local, que suporta conectividade direta do PC para a impressora. A arquitetura do Lexmark Cloud Bridge pode ser expandida para atender aos requisitos de conectividade futuros para máxima flexibilidade.

O Lexmark Cloud Bridge já está disponível nos Estados Unidos e, em breve, estará disponível em outros países, incluindo o Brasil.

Please follow and like us:
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Carreiras

ZAP+ tem 45 vagas abertas

A ZAP+, unidade de negócios da OLX Brasil dedicada ao mercado imobiliário, está investindo na ampliação do time de tecnologia e produtos para desenvolver novas

Leia mais »
cropped-logo-1.png
TecnoInforme. 2020 © Todos os direitos reservados. Design by Renato Garcia
RSS
Follow by Email