Trilhas da Quantum ensinam pilotagem de drones e pensamento computacional para crianças

Pilotagem de drones. Foto: Divulgação.

Edtech ajuda pais e mães a entreter e educar filhos para o futuro sem sair de casa

A educação gamificada é uma das tecnologias mais promissoras e já disponíveis para o futuro do ensino a distância. A tendência consiste em transformar os conteúdos educacionais e os planos de aula em jogos educacionais para que os alunos possam se interessar e absorver a matéria de modo divertido, levando em consideração que os games têm um grande poder de atração de crianças e jovens.

Quantum é uma edtech que busca ensinar crianças e jovens para o futuro por meio de sua metodologia que engloba empreendedorismo, tecnologia e habilidades do século XXI.

Uma de suas soluções é a experiência Home – atividades que devem ser feitas em casa com o objetivo de incentivar os jovens a aprenderem em seu próprio ritmo por meio de atividades lúdicas e inclusivas no aplicativo, disponível no Google Play e App Store. Duas novas experiências já chegaram ao app: “Museu dos Inventores” e “Piloto de Drone”.

Desenvolvido para crianças entre 5 e 8 anos, o “Museu dos Inventores” é uma trilha de aprendizado que faz um mix do conteúdo histórico e artísticos com atividades makers, do tipo “mão na massa”, que a criança possa fazer ela mesma. Além de dar os primeiros passos em pensamento computacional por meio do app, o aluno terá seu primeiro contato com a linguagem de programação em blocos.

O objetivo é ajudar a resolver o “bug” que houve no “Museu dos Inventores”. Passando por blocos de programação “Simbólica”, introdução a lógica computacional e raciocínio lógico, o curso também trabalha habilidades socioemocionais como persistência e capacidade de lidar com frustrações.

Já para os jovens entre 10 e 14 anos, o curso “Pilotagem de Drone” ensina conceitos de Ciências e Matemática aplicados. A partir dos princípios de funcionamento e de operação de um drone, o curso trabalha, de forma divertida e interativa, tópicos de STEM (ciência, tecnologia, engenharia e matemática) como aerodinâmica, GPS, Leis de Newton e Trigonometria. Além desses conceitos, o aluno desenvolve soluções por meio de programação em blocos para os desafios apresentados em cada aula.

Além da gamificação, a escola ainda utiliza o storytelling para desenvolver suas trilhas. Segundo a empresa, na educação esse mecanismo tem a função de estruturar a história e os conteúdos educacionais em uma trilha interessante para prender a atenção dos alunos. A ideia é transformar o conteúdo em uma contação de histórias, melhorando o desenvolvimento cognitivo das crianças.

Para mais informações sobre as trilhas basta baixar o aplicativo ou acessar: http://quantumeduc.com/.

(Redação – TecnoInforme)

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on google
Google+
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
cropped-logo-1.png
TecnoInforme. 2020 © Todos os direitos reservados. Design by Renato Garcia